quinta-feira, 24 de março de 2016

24.MAR.2016
TORNA A TUA CORRIDA MAIS FÁCIL
—Running
Começas-te a correr à pouco tempo, mas já estás a perder a motivação? Depois das tuas corridas ficas cheia de dores musculares, durante a corrida tens dificuldade em respirar e mais dores musculares? E... já só pensas em terminar a corrida? Calma, não desesperes paciência e persistência são os pensamentos chave, para conseguires correr sem sacrifícios.

Eu sempre tive muita facilidade em correr, mas quando iniciei a faculdade deixei a actividade física de lado. Quando voltei a correr também passei pelo mesmo. Hoje, vou dar-te algumas dicas para ultrapassares os obstáculos pelos quais todos os runners, já passaram. 
  • Atenção ao calçado:
Já todas sabemos, que ter um bom par ténis é essencial para conseguires correr sem dores e não ganhares lesões. Quando escolhes uns ténis é importante ter em conta os quilômetros que fazes e o tipo de terreno, onde corremos. Não te esqueças, que os ténis têm a sua durabilidade e quando começam a ficar desgastados na zona do calcanhar... Já sabes, que está na hora de os trocar. (Os ténis de corrida, de um modo geral, perdem o amortecimento aos seus 450-950 km)

  • Corre com regularidade:
Se queres realmente ser uma verdadeira runner e deixar de ter dores quando corres, a verdade é que tens de correr com alguma regularidade 3 a 4x por semana. Insere a corrida na tua agenda, para não falhares os teus treinos. Correr com regularidade, vai fortalecer os teus músculos e com o tempo, vais ter cada vez menos dores e ainda vais aumentar a tua resistência.


  • Diminui a passada:
Calma, estás a começar e não precisas de dar passadas grandes e em grandes velocidades. O truque, passa por começares a correr 2 a 3 km, ao ritmo que te seja mais confortável e quando sentires que já está a ser fácil, aumenta os quilómetros e a velocidade da passada.
  • Fortalece as tuas pernas:
Se os teus músculos das pernas estiverem fortalecidos, não vais sentir tantas dores musculares a correr. Por isso, não digas não àquela subida, aos trails e exercícios como: squats, lunges ou step-ups. Eu opto por depois das minhas corridas fazer sempre, pelo menos um destes exercícios e com alguma regularidade, tenho o hábito de correr em trails. Acreditem que desde que comecei a fortalecer os músculos das pernas, as minhas dores diminuíram e comecei a conseguir correr distâncias maiores.
  • Torna a corrida mais divertida:
Quando estás demasiado focada nos teus objectivos ou quando corres longas distâncias, por vezes, pode parecer um tédio. Eu quando voltei a correr tinha este sentimento. Mas existem formas de evitar este tédio. A mais óbvia é correr acompanhada, com um amigo ou até mesmo com o nosso cão. Quando corres sozinha, podes colocar a tocar tua playlist favorita e fazer o download de uma aplicação que te ajude a manter a motivação. Podes ainda, seleccionar um rival no paredão e competir com ele, mesmo sem o conheceres, acredita que a corrida vai passar mais rápido e o tua velocidade vai aumentar.
  • Não te esqueças de recuperar:
É importante descansar, principalmente quando começas a fazer corridas mais longas. Os teus músculos precisam de recuperar o esforço que andas a fazer.